Home » Blog

Crescimento do Google Plus ainda não ameaça o Facebook para empresas

10 agosto 2011 Nenhum comentário

O Google Plus, ou Google+, já atingiu números importantes. A rede social, que ainda está em fase de testes, já conta com mais de 20 milhões de usuários únicos, número alcançado em três semanas de existência e com convites limitados, e 1 bilhão de ações por dia, como compartilhamento de vídeos e cliques no botão +1 (espécie de “like” do Facebook). De qualquer forma, observando esse crescimento do Google+, a rede social de Mark Zuckemberg já corre atrás de melhorias para evitar a queda do Facebook e o crescimento do seu mais novo “rival”, o Google Plus.

Antes do lançamento do Google Plus, muito se especulou sobre as funcionalidades dessa nova rede social. O que se pensava era que o serviço se restringiria apenas ao compartilhamento de matérias, mas a proposta da nova rede social do Google é muito maior. “O compartilhamento da vida real na perspectiva da web”, o slogan é do próprio Google Plus que busca humanizar os relacionamentos online, para que as pessoas deixem de lado o compartilhamento frio e impessoal que a própria Google acha que as outras redes sociais têm. A tentativa é interessante, agora basta saber se o Google+ irá conseguir atingir esse objetivo.

Um serviço que exemplifica esse relacionamento online humanizado são os círculos secretos do Google+, em que os usuários podem colocar os contatos dentro do mesmo círculo de amigos da vida real sem que saibam de qual círculo fazem parte. No Facebook, a dinâmica dos grupos é diferente, já que todos os membros de um grupo de um usuário sabem onde estão inseridos. Outra novidade que a rede social do Google trouxe é o Hangout, videoconferências com mais de dois participantes e sem limite de duração.

Preocupado com a defasagem em termos de serviços da sua rede em relação aos novos serviços do Google Plus, Mark Zuckemberg já disponibilizou o chat com vídeo e o chat em grupo (serviço que já existia no Gmail), agora procura alternativas para combater os círculos secretos e a sincronização do Google Plus com todas as páginas do Google.

Mesmo com os novos serviços e o crescimento do Google Plus, a melhor escolha para as empresas continua sendo o Facebook, já que conta com aproximadamente 750 milhões de usuários e a abrangência de um público-alvo é muito maior. Além disso, a rede social criada por Mark Zuckemberg oferece a possibilidade de criar perfis empresariais, serviço que ainda não está disponível no Google+. O próprio Google ainda não recomenda a criação de perfis empresariais em sua rede social.

A All Image também oferece a solução de gestão de redes sociais. Para conferir, clique aqui.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!

Blog
Twitter
Especialidades
WordPress
Google AdWords